As críticas costumam ter um efeito nocivo bastante poderoso na nossa autoconfiança. Muito mais do que deveria na verdade. Um dos maiores medos do ser humano é o de ser julgado e criticado. Costumamos fazer de tudo para evitar as críticas.

O que se observa no dia-a-dia é que estamos condicionados a ver e apontar os erros e falhas das outras pessoas. Os elogios são bem escassos. É como se fazer as coisas bem feitas e ter qualidades não merecesse comentários. Por outro lado, falar sobre os defeitos se torna algo “natural”.

Quando tudo está saindo de forma satisfatória, é improvável que as pessoas parem para elogiar, mas, basta algo começar a sair errado que aparecem várias críticas. Isso acontece na relação dos pais com os filhos, nas amizades, na escola, nas relações de trabalho (Entre colegas e na relação do chefe com os funcionários).

Existe ainda uma crença de que se a gente elogia, a pessoa vai se acomodar e vai passar a relaxar no seu comportamento, caindo de qualidade. Depois de um raro elogio, assim que a pessoa comete uma falha, é comum se falar coisas do tipo “a gente não pode elogiar que essas coisas acontecem…”.

É muito fácil ver a relação direta que existe na autoestima das pessoas que têm ou tiveram pais muito críticos. Desenvolve-se uma auto imagem negativa, insegurança e tudo isso repercute de forma extremamente nociva nos relacionamentos e na vida profissional. As consequências são: Falta de liberdade para criar, inovar, experimentar coisas novas, dificuldades de expressar, timidez, sentimentos de incapacidade e incompetência, dificuldades em lidar com pessoas em posição de autoridade, desistir facilmente das coisas (Ou mesmo nem começar) e etc… Quanto maior for a ligação emocional entre as pessoas, maior os efeitos negativos da critica.

Uma das maiores necessidades do ser humano, é a busca do reconhecimento e aprovação das outras pessoas, por isso, fugimos das críticas a qualquer custo. Esse medo vai moldar nosso comportamento. Fazemos várias coisas e deixamos de fazer outras, somente pelo medo da crítica. E é interessante que uma simples crítica muitas vezes nos desestimula mais do que cem elogios nos incentivaria.

A crítica é certamente inevitável, e, quanto mais nos expomos, maiores as chances de sermos criticados. Passamos a vida inteira evitando fazer algo maior ou algo diferente para não corrermos esse risco.

Bem, não podemos evitar que as pessoas nos critiquem, nem é possível mudar nosso passado. No entanto, podemos usar a EFT (Técnica para Autolimpeza Emocional – Clique Aqui e solicite o Manual Gratuito para aprender a eliminar emoções e pensamentos negativos em minutos!) para nos ajudar a eliminar os efeitos negativos da crítica.

Uma das formas é a seguinte: Muitas vezes temos memórias nítidas de eventos onde fomos criticados. Essas memórias podem se situar na infância ou na vida adulta, e podem estar relacionadas a convivência familiar ou não. O importante é que você lembre do fato (Trabalhe apenas uma lembrança de cada vez) e identifique qual sentimento vem à tona ao lembrar do que aconteceu. Pode surgir um só ou vários tipos de sentimentos: Raiva do outro, mágoa, tristeza, frustração, medo, insegurança, incapacidade, impotência, injustiça, raiva de si mesmo e etc… Identifique e anote os sentimentos que surgem. Comece a fazer EFT para eliminar a carga emocional dessa lembrança.

Exemplo:

– Embora eu sinta raiva ao lembrar de tal critica que fulano fez, eu me aceito profunda e completamente…
– Embora eu me sinta injustiçado, eu me aceito profunda e completamente…
– Embora eu me sinta incapaz…
– Embora eu me sinta impotente…
– Embora eu tenha medo de ser criticado assim novamente…

Repita o mesmo processo para outras lembranças.

As vezes, não lembramos de fatos bem específicos, mas lembramos de frases que nos eram ditas de forma genérica repetidas vezes: “Você não faz nada direito…”, “esse menino não presta pra nada…”, “você é muito burro…”, “não se pode confiar em você”, “eu preciso fazer tudo pra que saia direito”, “me dá aqui que você não sabe fazer…”.

Enfim, existe uma infinidade de frases que podem ter um significado forte pra nós. Muitas vezes, ao lembrar dessas frases, lembramos também da expressão e tom de voz da pessoa.

Anote essas frases. Comece a repetir cada uma delas enquanto você aplica a rodada da EFT . Um exemplo de frases de preparação:

“Embora eu tenha essa frase gravada “você é muito burro”, eu me aceito profunda e completamente”.

Quando estiver fazendo a rodada, repita a frase “você é muito burro”, enquanto você bate nos pontos da EFT (Os terminais dos meridianos de acupuntura). Durante a aplicação, procure também ir lembrando da expressão e tom de voz de quem falava as frases. Faça várias rodadas e observe que vai começar a haver uma diminuição da carga emocional contida na frase, até que chegará um momento que será somente uma frase vazia, sem peso algum. Isso pode acontecer rapidamente em algumas rodadas, ou talvez você tenha que ser bastante persistente até colher o resultado final.

Eliminando essa carga emocional do passado, você sentirá um aumento da sua autoconfiança e será menos afetado pelas críticas. Sempre que for criticado no presente e se sentir incomodado, identifique o sentimento e faça EFT (Clique Aqui e solicite o Manual Gratuito) para eliminar o desconforto. Dessa maneira, você vai evitar estragos na sua autoconfiança.

Esse tema é extenso. Já escrevi sobre ele anteriormente e, com certeza, voltarei a tocar nesse assunto em outra oportunidade.

Um forte abraço!

André Lima.

PS.: Se você gostou desse artigo e acredita que esse conhecimento pode ajudar outras pessoas, então clica em Curtir em algum lugar dessa página. Vou ficar muito grato a você!