Eu conheço muitas pessoas inteligentes e competentes que não conseguem crescer profissional e financeiramente. São pessoas corretas, esforçadas, e que fazem o seu trabalho bem feito. Mas, apesar de tudo isso, não conseguem alcançar o sucesso que gostariam. Muitas dessas pessoas se sentem frustradas e até mesmo injustiçadas pela vida. Elas falam que tem pessoas menos competentes que conseguem resultados melhores.

Mas, por que será que isso acontece? Parece coincidência, azar, karma… Só que nada acontece por acaso. Eu entendo bem a razão pela qual essas coisas acontecem porque eu já senti essa frustração numa época em que, mesmo trabalhando de forma honesta e com afinco, eu tinha resultados péssimos e dívidas crescentes.

Eu tentava melhorar a parte intelectual. Fazia cursos pra aprender a administrar melhor. Esforçava-me bastante no trabalho. Mas, nada adiantava. Os resultados ruins se acumulavam. Até que um dia eu entendi que deveria ter algo mais profundo. Eu sabia que eu tinha inteligência o suficiente e também preparo técnico e intelectual pra crescer. Mas, faltava algo fundamental que até aquele momento eu não tinha compreensão.

Esse algo mais profundo é como se fosse a fundação de uma casa: Se a fundação não for boa, não dá pra construir nada realmente sólido e seguro em cima. Até uma casinha corre o risco de cair. A minha fundação era péssima (Mas, eu não sabia disso na época) e eu tentava construir um prédio em cima dela… Ele sempre desmoronava e eu não entendia a razão.

Esse conteúdo mais profundo eu descobri depois que fui buscar autoconhecimento. Antes disso, eu era um completo analfabeto nessa área. Eu só sabia do racional, do intelectual. Depois, eu descobri sobre a força que existe no nosso inconsciente. O quanto as nossas crenças e emoções negativas acumuladas influenciam a nossa forma de pensar e agir gerando autossabotagem.

Naquela época, eu tinha sérios problemas de autoestima e dezenas de pensamentos e crenças limitantes com relação a dinheiro e prosperidade. O resultado é que, de forma inconsciente, eu sabotava o meu crescimento. A forma como eu me comportava com meu sócio, com os clientes e diante de várias situações do meu trabalho, levavam-me ao fracasso. O pior é que eu jurava que fazia tudo certo! Eu só consigo ver isso agora, depois de muito amadurecimento emocional.

A busca por autoconhecimento foi fundamental pra mim, pois eu aprendi a identificar toda a negatividade que eu guardava. Aprendi também a curar essa negatividade, utilizando a Técnica da EFT (Técnica para Autolimpeza Emocional – Clique Aqui e solicite o Manual Gratuito para aprender a eliminar emoções e pensamentos negativos em minutos!) e outros trabalhos que fiz durante essa jornada.

Então, a fundação do meu ser começou a ser cuidada. Com a cura dessas emoções, crenças e pensamentos limitantes, o terreno foi pouco a pouco ficando firme. Depois de meses de trabalho de autoconhecimento, a minha vida profissional e financeira foi mudando, e hoje é completamente diferente de antes. Se antigamente a maior parte das coisas que fazia profissionalmente dava errado, hoje a vasta maioria dá certo. E quando algo dá errado não tem problema, por que é tanta coisa dando certo que fica tudo bem.

Imagine o que acontece quando você acredita em crenças que dizem que o dinheiro é escasso, que é difícil ganhá-lo, que na sua profissão não se consegue ganhar bem… O que vai acontecer é um processo inconsciente de autossabotagem e vitimização onde você vai fazer escolhas sem perceber, que vão reforçar todas essas percepções da realidade. Existem vários mecanismos internos que nos levam a fazer isso, mas que não vai dar pra explicar nesse artigo.

E quando você sente que o dinheiro é sujo? Que só ganha muito sendo desonesto ou explorador? Um lado seu vai repelir o ganho financeiro. Afinal, você não vai querer ganhar dinheiro e ser associado a coisas tão negativas. Tem um lado seu que deseja ganhar mais, mas tem um outro lado que o “protege” de ganhar mais.

Problemas na autoestima também levam à autossabotagem inconsciente. Quanto mais baixa a autoestima, maior o pessimismo, a sensação de não merecimento, menos autoconfiança e sensação de incapacidade. Pessoas que sofreram muita rejeição, críticas, abandono, falta de apoio e elogio durante a infância, ou crianças que foram super protegidas, tendem a desenvolver uma baixa autoestima. E se você se sente incapaz? E que não merece? Ou se você tem medo de críticas e rejeição? Pois é: Vai ser realmente difícil crescer profissionalmente. A autossabotagem fará com que você não veja oportunidades, ou fará com que você adie o que poderia fazer melhorar na sua vida praticando o que chamamos de procrastinação.

Convido você a aprender como utilizar a EFT pra que você possa eliminar emoções negativas (Medo, mágoa, trauma, culpa, ansiedade, raiva, tristeza, abandono…), pensamentos negativos e crenças limitantes. Clique Aqui e solicite o Manual Gratuito pra aprender agora!

 

Um forte abraço!

André Lima.


PS.: Se você gostou desse artigo e acredita que esse conhecimento pode ajudar outras pessoas, então clica em Curtir em algum lugar dessa página. Vou ficar muito grato!