É incrível como temos uma tendência a agir e reagir a fatos da vida basicamente da mesma forma, durante a vida inteira, desde a infância. Nos atendimentos terapêuticos que realizo, Sempre que chegam casos de dificuldades de relacionamento, perfeccionismo, rejeição, insegurança, e outros conflitos, descobrimos eventos do passado, normalmente na infância no relacionamento com os pais ou outras figuras importantes com os mesmos temas. As histórias mal curadas se repetem.

Essas lembranças muitas vezes chegam de forma espontânea quando começamos a aplicar a EFT (Técnica para Autolimpeza Emocional – Clique Aqui e solicite o Manual Gratuito para aprender a eliminar emoções e pensamentos negativos em minutos!), que é uma técnica de acupuntura emocional sem agulhas. É uma técnica onde o básico pode ser aprendido por qualquer pessoa através de um manual gratuito na net, e que pode ser utilizada para aumentar limpeza emocional. O cliente vai lembrando e falando espontaneamente. Outras vezes, temos que investigar um pouco o passado.

Pode parecer estranho para algumas pessoas, mas os problemas de hoje estão ligados a coisas guardadas do passado, que muitas vezes não temos a menor consciência. Alguns já chegam com essa percepção mais aguçada, pois já tem mais autoconhecimento ou já receberam outros tipos de terapia. O problema da maioria, é que, mesmo entendendo a origem do problema, não conseguem deixar de sentir daquela maneira. É nesse ponto que a EFT é absolutamente incrível e faz toda a diferença, dando uma grande vantagem sobre a maioria dos outros métodos, pois consegue desbloquear e limpar questões emocionais guardadas de forma extremamente rápida, o que traz um reflexo imediato no comportamento presente.

Quem não tem consciência dessa ligação, as vezes acha que é perda de tempo falar sobre outras questões do passado. “Mas o meu problema é hoje com minha esposa, não tem nada a ver com essas situações do passado”. Você é que pensa. Acabamos por atrair para as nossas vidas, pela nossa forma de agir e pensar, situações que trazem a tona velhos sentimentos guardados. Veja que eu não digo que as situações provocam sentimentos negativos, elas apenas trazem a tona sentimentos já existentes dentro do indivíduo.

As situações vão se repetindo, mudam apenas os personagens. A rejeição que a pessoa sente hoje do marido, geralmente tem a ver com o sentimento de rejeição que ela sofre com relação ao pai ou a mãe, ou outra figura importante do passado. Isso serve para inúmeros outros sentimentos.
Atendendo a casos de pessoas muito perfeccionista, por exemplo: Eu posso perguntar – Quem exigia demais de você, a quem você não podia decepcionar, quem é assim na sua família (Ou outras perguntas semelhantes)? E normalmente as respostas vem de forma fácil e rápida. “Ah, minha mãe” ou então “Meu pai, minhas tias e etc…”

Trabalhando com a EFT, é importante chegar a eventos do passado para que a cura seja mais rápida. Quando sei que o sentimento está ligado a um familiar, começo então a investigar perguntando como era o relacionamento, o que essa pessoa fazia para o cliente. Com isso, estou em busca de achar sentimentos guardados ligados aos eventos ocorridos. Estes sentimentos armazenados mantêm a pessoa agindo de uma forma negativa durante a vida inteira, seja nas amizades, vida profissional ou relacionamentos amorosos. Essa carga emocional negativa é a base dos problemas do presente.

Quando descobrimos a existência desses eventos, podemos então aplicar a EFT para dissolver a carga emocional guardada de cada um deles. Vamos pegar então um exemplo de uma pessoa que se sente rejeitada pelos pais. A partir daí, eu pergunto quais são as situações que a pessoa lembra que a fazem sentir rejeitada nesse relacionamento. São eventos do passado que quando lembrados, vão trazer a tona para aquela pessoa rejeição, mágoa, tristeza e etc… A cada evento lembrado, vamos aplicando a EFT, com paciência e perseverança para eliminar a carga emocional.

Cada evento tratado é um passo importante para a cura. Ele fica emocionalmente limpo, sem carga negativa. Na maioria das vezes, tratamos um evento e vem a lembrança de outros a tona. Isso é um sinal de que aquele que estava sendo tratado perdeu a importância e o inconsciente libera mais material para ser trabalhado. É só persistir nesse caminho, tratando cada lembrança, “Zerando” a carga emocional negativa de cada uma. Os resultado disso é normalmente bem rápido surpreendente. Em pouco tempo, o sentimento de rejeição começa ficar cada vez mais fraco, até que desaparece por completo deixando de fazer sentido.

É possível também se curar pela força de vontade, mudando as atitudes do presente, sem mexer no que estava guardado. No entanto, acredito ser esse um caminho bem mais difícil. O conteúdo emocional guardado faz você agir no piloto automático, quando você menos percebe, já fez. Limpando o passado, a atitude do presente muda, sem esforço.

Essas dicas servem para que as pessoas possam compreender como funcionam os sentimentos e dar importância a fatos que talvez já achassem estar resolvidos e enterrados. Quanto maior essa compreensão, mais fácil será aplicar a EFT de uma forma bem eficaz.

 

Um forte abraço!

André Lima.

 

PS.: Se você gostou desse artigo e acredita que esse conhecimento pode ajudar outras pessoas, então clica em Curtir em algum lugar dessa página. Vou ficar muito grato!