Meu computador hoje estava lento e pesado. Tratei de executar algumas ações: Limpeza de arquivos temporários, limpeza de emails antigos, coloquei na lixeira vários arquivos que não vou usar mais, fiz um “scan disk” e uma “desfragmentação”. Pronto, faxina completa, caprichei! Ficou leve, rápido… Parece até outra máquina. Parece até que foi colocada uma memória RAM extra, tá outra coisa! Imagine então como anda o seu “HD”, suas emoções, sua mente? O que pode estar atrapalhando seu desempenho, tornando você uma pessoa lenta, preguiçosa, emperrada, que não consegue usar seu pleno potencial, ou até mesmo tornado você depressivo, ansioso, e com pânico? Você sente que sua vida poderia estar bem melhor, mas simplesmente não consegue tomar ações necessárias, ou, quando as toma, não consegue manter-se firme no propósito.

Você pode estar cheio de arquivos temporários, e de arquivos pesados antigos, além de outros que são verdadeiros vírus que diminuem muito o seu desempenho em todas as áreas. Arquivos que estão tornando seus relacionamentos mais difíceis, que trazem dificuldades em você se desenvolver profissionalmente, em ter mais saúde, em aprender a tocar um instrumento, cantar, dançar, fazer novos amigo, em poder realizar mais.

Podemos dizer que esses arquivos nocivos que você guarda são seus sentimentos, crenças e pensamentos negativos. Você guarda sentimentos negativos de coisas que ocorreram anos atrás, na sua infância e no decorrer da sua vida. Todos nós guardamos. Uns mais e outros menos. Alguns HDs estão lotados dessa lixarada, outros nem tanto. Quanto mais lotado você estiver, mais efeitos negativos tem na sua vida hoje.

Nossa estrutura emocional é também capaz de limpar muita coisa por si só, mas tem sempre uma parte que fica lá guardada. Sabe aquele fato que quando você lembra traz um sentimento negativo? Aqueles eventos, aquelas pessoas (Um chefe, o ex-marido, um parente…) e situações que trazem um desconforto emocional na hora em que pensamos? O desconforto pode ser culpa, medo, mágoa, raiva, tristeza, frustração, inferioridade, humilhação, vergonha, pena, remorso e etc…. Quando você acessa essas emoções, você está acessando os arquivos que estão causando lentidão e dificuldades no seu sistema.

Seria bom que pudéssemos ter uma ferramenta de limpeza interior. Imagine que você tenha a lembrança de algo que você fez no passado que traz o sentimento de culpa. Pode ser algo que faz tempo ou algo recente. Talvez você fique se martirizando. Ou quem sabe, se tiver um pouco mais de equilíbrio, racionalmente, você pode dizer a si mesmo que foi apenas um erro, e que você não repetiria e que não há razão pra sofrer. Mas mesmo que você queira se perdoar, parece que tem um lado seu que não deixa o sentimento ir embora. Uma parte sua compreende, racionaliza, mas a outra… Continua sentindo culpa.

Que tal se a gente aplicasse um processo para limpar, deletar, tratar, dissolver a culpa, de modo, que ao final do processo você possa sentir algo como: “Aconteceu, eu errei, foi minha responsabilidade, mesmo assim eu me sinto 100% em paz relembrando do fato ocorrido, ficou agora o aprendizado, a experiência, sem peso, sem culpa”.

É isso que ocorre quando aplicamos a EFT (Técnica para Autolimpeza Emocional – Clique Aqui e solicite o Manual Gratuito para aprender a eliminar emoções e pensamentos negativos em minutos!) de forma adequada. Podemos limpar desde pequenos traumas, coisas bobas, até coisas mais intensas, traumas severos. Imagine então sair aplicando esse processo para todos os sentimentos negativos que você tem guardado. A medida que você vai limpando o “HD”, você vai se tornando mais ágil, aumenta a clareza mental, a autoestima, a tolerância, melhora o desempenho em todas as áreas. Você se torna melhor amigo, filho, marido, funcionário, empresário, cidadão. Você se torna mais feliz. E ainda de quebra, sua saúde física melhora.

O processo é estranhamente simples e ao mesmo tempo surpreendentemente eficaz. Posso aqui explicar como funciona, dizer que faz a energia circular, e os meridianos de acupuntura e tal… Mas tudo isso tem no Manual Gratuito. O melhor é experimentar!

Outro dia recebi esse pequeno relato por email:

“Bom dia! Sei que você já deve estar cansado de ver estes resultados, mas é muito gratificante acabar uma rodada e sentir até vontade de rir, de tanto alívio. A mágoa, antiga, com que trabalhei em mim mesma, parece ter sumido, sendo substituída por uma sensação, diria, de “cócegas”, e sensação de leveza. Incrível!! Espero aprender mais a respeito. Outro dia, ao dirigir, foi só massagear o ponto doído e mentalizar um sentimento, e me senti bem melhor! Aí, apliquei a rodada inteira, e foi o máximo. Valeu! A gente se vê. Um abraço, Shirley”

Respondi que as pessoas economizam muito em mandar depoimentos. Pedi pra Shirley detalhar mais, o que ela gentilmente fez.

Agora convido você a aprender como utilizar a EFT pra que você possa eliminar emoções negativas (Medo, mágoa, trauma, culpa, ansiedade, raiva, tristeza, abandono…), pensamentos negativos e crenças limitantes. Clique Aqui e solicite o Manual Gratuito pra aprender agora!

 

Um forte abraço!

André Lima.

PS.: Se você gostou desse artigo e acredita que esse conhecimento pode ajudar outras pessoas, então clica em Curtir em algum lugar dessa página. Vou ficar muito grato a você!