Gatilhos Emocionais: Identifique e Desarme-os!

||Gatilhos Emocionais: Identifique e Desarme-os!

A nossa reação emocional diante de situações negativas da vida depende muito do que guardamos do passado. Muitas vezes, reagimos de uma forma intensa a determinadas situações quando temos consciência de que não deveríamos nos afetar tanto. Outras vezes, nem temos consciência e achamos plenamente normal a nossa reação, que, aos olhos de terceiros foi desproporcional ao acontecimento. A sua reação de hoje, pode ser, na verdade, uma reação a algo do seu passado. Algum medo ou sentimento negativo que ficou guardado, latente, e que é apenas reativado ou acordado quando uma situação semelhante ocorre no presente. Muda a época, os personagens, mas a reação emocional é a mesma. E quantas vezes isso acontece e nem temos ideia do verdadeiro motivo que ficou guardado lá trás? É o que eu chamo de acionar um gatilho emocional.

Vou dar um exemplo: Vamos supor que você tem um amigo que tenha “aprontado” algumas com você. Na primeira vez, você relevou (Mais ou menos…), na segunda vez que ocorreu algo semelhante, você fingiu que deixou pra lá. Aí aconteceu uma terceira vez e você já falou de forma irritada. Depois, aconteceu uma pequena bobagem e você teve uma reação daquelas: Xingou, brigou, cortou a amizade, gritou… Para quem assistiu de fora, sua reação foi anormal. Pra você que estava guardando tudo, o último episódio foi a gotinha que faltava.

Nesse exemplo fictício, é fácil entender a reação porque os eventos foram todos com a mesma pessoa. Fica claro que a raiva foi sendo acumulada e foi descontada no amigo causador do sentimento. O problema é que na vida também acontece da gente acumular de uma pessoa e descontar em outra. Fazemos transferências de sentimentos. Acumulamos da infância na relação com os pais e irmãos, e descontamos no marido, no amigo mais próximo, na namorada e etc. Sofremos a rejeição dos pais e transferimos o medo para o relacionamento quando nos casamos.

Fiz um atendimento com uma cliente e ela me relatou o seguinte caso: Era uma mulher jovem, casada há poucos anos, que tinha medo de ser abandonada pelo marido. Toda vez que ele demonstrava insatisfação ou a criticava, logo surgia um medo intenso de ser deixada e rejeitada. Ela tinha noção do quanto a sua reação era desproporcional. Ficava com raiva por saber uma coisa intelectualmente, mas agir emocionalmente de outra. O sentimento que surgia, ao acontecer pequenas bobagens na relação com o marido, era suficiente para desestabilizá-la.

Quando começo a escutar um relato como esse, o meu alarme de terapeuta começa a soar “o que será que tem guardado no passado dessa pessoa, que está sendo acordado na relação com o marido? Que gatilho emocional é esse que está sendo ativado?”.

Comecei a trabalhar na intensidade dos sentimentos do presente, e apliquei a EFT (Técnica para Autolimpeza Emocional – Clique Aqui e solicite o Manual Gratuito para aprender a eliminar emoções e pensamentos negativos em minutos!) para o medo de ser abandonada. O medo foi diminuindo, e aí… começaram a surgir os verdadeiros motivos.

Muitas vezes o que está nos bastidores surge espontaneamente. O próprio cliente começa a ter insights e fala; Começa a lembrar de eventos do passado. Outras vezes, para acelerar o processo, começo a fazer perguntas do tipo: “Se houver algo guardado do seu passado que está sendo ativado nessa sua relação atual, o que seria?”, “O comportamento, as palavras, o olhar do seu marido lembra alguém do seu passado?”.

Nesse caso relatado, a cliente começou a lembrar de brigas entre os pais. A mãe havia brigado e saído de casa. Ela lembrava da cena quando era bem pequena, chorando, vendo a mãe ir embora, e, na cabeça infantil dela, o medo de nunca mais ver a mãe novamente. A mãe falava que não sabia se voltava pois dizia que o pai talvez não deixaria. Várias outras situações de medo de ser abandonada ocorreram e ficaram profundamente marcadas na parte emocional da cliente. A mãe agia de forma a deixá-la com medo constante de ser rejeitada. Se ela não fizesse o que a mãe esperava, logo era criticada e não se sentia aprovada.

Não adianta apenas entender intelectualmente. A cliente sabia que não era mais criança, e o que ocorreu estava no passado. No entanto, a emoção ficou presa, guardada. Ao lembrar das cenas, surgiam sentimentos de tristeza, medo, e até choro.

É muito comum durante sessões de EFT, o cliente começar a relatar uma cena distante, lá da infância,  que  parece bem resolvida e quando começamos a aplicar a técnica, uma intensa reação emocional ocorre. Vejo isso acontecer diariamente em boa parte dos atendimentos e nos cursos que ministro também quando faço atendimentos nos alunos para demonstrar para turma. Os clientes ficam surpresos ao sentir surgir uma carga emocional que nem imaginavam. Os alunos do curso ao assistirem as sessões, ficam também bastante surpresos ao constatar quanta coisa negativa fica guardada dentro do ser humano.

Quando o marido criticava a minha cliente ou não a aprovava, um gatilho emocional era acionado trazendo à tona os sentimentos lá da infância: O medo de ser rejeitada e abandonada pela mãe. Coisa estranha, sem lógica. Mas quem disse que agimos de forma lógica e racional? Nosso comportamento é muito emocional.

Qual a solução para isso? A solução é desarmar os gatilhos emocionais. Quando aplicamos EFT, podemos dissolver, eliminar, zerar a carga emocional de eventos do passado. A técnica atua profundamente, limpando toda energia estagnada que fica acumulada emocional e energeticamente. Limpando os eventos, não há mais razão para reagir de forma intensa. O comportamento no presente muda de forma natural, sem esforço.

Observe suas reações emocionais a fatos e pessoas no seu cotidiano. Veja o que mais (Ou quem mais) o irrita, o que mais (Ou quem mais) o entristece, o que mais o faz ter medo (Medo de rejeição, abandono, solidão e etc…). As pessoas do seu presente (Amigos, chefe, companheiro) vão ativar esses gatilhos do passado. É uma negatividade que você já tem e essas são oportunidades que você tem para identificá-las e curá-las. Quando nos incomodamos muito com o comportamento de alguém, é bem provável que algum gatilho nosso esteja sendo disparado.

Tive outro cliente que relatava eventos de raiva com colegas mulheres no trabalho. Acabou descobrindo que, coincidentemente, elas tinham comportamento bem semelhante a uma tia que o criou e que o havia rejeitado e rebaixado.

Bem, é isso. Perceba os gatilhos emocionais que você vem guardando e use a EFT (Clique Aqui e solicite o Manual Gratuito) para desarmá-los.

Um forte abraço!

André Lima.

PS.: Se você gostou desse artigo e acredita que esse conhecimento pode ajudar outras pessoas, então clica em Curtir em algum lugar dessa página. Vou ficar muito grato a você!

By |2018-04-25T14:27:11+00:00junho 17:31|Categories: Geral|Tags: , |

EFT: A MAIS PODEROSA FERRAMENTA DE DESENVOLVIMENTO HUMANO E AUTOCURA DO SÉCULO XXI!

Aprenda essa Técnica incrível para Identificar e Eliminar Programas Sabotadores Inconscientes que Prejudicam sua Vida em todas as Áreas: Saúde, Relacionamento, Profissional e Financeira.

SOLICITE SEU MANUAL COMPLETO DA EFT AGORA MESMO!

 

18 Comments

  1. Mauro Osny Stinghen 29 de dezembro de 2014 at 01:40 - Reply

    André, muito bom o artigo e parabéns por seu trabalho divulgando essa técnica maravilhosa do EFT.

  2. Cristina 28 de dezembro de 2014 at 23:13 - Reply

    Muito bom!!!

  3. Francisca Mônica Porto Freire 28 de dezembro de 2014 at 12:46 - Reply

    Vivo intensamente esta situação com relacionamentos entre familiares. Acredito já ter identificado racionalmente o porquê. Entretanto, atualmente, do alto dos meus 63 anos, estou mais, ou pelo menos acho mais constante e presente, minhas reações emocionais. Brinco até dizendo que estou com Alzheimer.

    Confirmo portanto, que não basta identificar, se é que realmente identifiquei, e que somente através de uma terapia, como a EFT, ou uma regressão eu poderia aproveitar melhor minha vida e não perturbar a vida dos outros. Por que não trato? Porque um outro problema de meu comportamento é a ACABATIVA, começo e não termino. Sou muito detalhista e canso. É um horror, ter tarefas iniciadas e não finalizadas.

  4. Magda Bittencourt 28 de dezembro de 2014 at 01:52 - Reply

    Excelente texto, André!
    Você tem a rara habilidade de revelar com clareza o que existe reprimido
    no inconsciente. Parabéns, por conseguir cooperar tanto para o desbloqueio dessas lembranças e sentimentos ; são essas emoções que envenenam nossas vidas e nos enfraquecem e adoecem, impedindo ou dificultando imensamente a realização dos nossos sonhos.
    Uma vez identificadas e dissolvidas, a vida floresce.
    Muito obrigada, mais uma vez, por seu trabalho precioso!

  5. Cristiani 27 de dezembro de 2014 at 19:27 - Reply

    André, penso que este texto é daqueles tão recheados de reflexões que se faz necessário ler mais de uma vez e analisar mesmoooo!!! rsrsrs!!
    Toda vez que leio um texto seu , me vem a mente a imagem da pedra sendo atirada no lago tranquilo e produzindo suas ondas sobre as águas.
    Obrigada por tanta clareza em suas colocações e por nos fazer saber que tudo isto, não é luta ou vivência solitária; que outros passam por situações parecidas ou iguais e que acima de tudo, se quisermos, há solução sim e a EFT é um excelente caminho, porque eu tenho aplicado a técnica e tenho tido resultados incríveis em muitos aspectos da minha vida.
    Gratidão, André.
    Abraço

  6. Karla 26 de dezembro de 2014 at 19:57 - Reply

    Ótimo artigo, me trouxe várias lembranças as quais me fizeram compreender meus sentimentos e reações a certos acontecimentos com meu parceiro e pessoas de minha família. Obrigada.

  7. Eugenio 26 de dezembro de 2014 at 16:19 - Reply

    Gratidão! O artigo atual, todos os artigos apreciados até o momento são extraordinariamente SIGNIFICATIVOS.

  8. Luísa Sant'Anna 26 de dezembro de 2014 at 02:04 - Reply

    André, muito bom texto, explica muito bem! obrigada

  9. joanely 21 de setembro de 2014 at 03:18 - Reply

    Eu adorei esse artigo, era bem o que eu tava procurando! Estou em um relacionamento há quase 3 anos e ele age como se fosse minha mãe pegando no meu pé e me controla em tudo, ja sei que dei todo o meu poder p ele, pq ja espero ele me criticar e fico o tempo todo em estado de alerta e isso ta acabando com a minha saúde mental, eu ja expliquei p ele que quando ele fala qualquer coisa eu ja fico desesperada e isso com certeza são gatilhos de quando eu vivia com a minha mae, pois ela dizia sempre que eu era inutil e agora meu companheiro fica dizendo que nao faço as obrigações de casa, eu me sinto exausta que so consigo me fixar no trabalho que atualmente eh minha unica fonte de prazer… sei que tem muita coisa errada e eu vou tentar fazer eft para liberar esses gatilhos… Obrigada por ter seguido seu caminho e ajudar pessoas como eu..

  10. Roberta Magalhães Gonçalves 9 de setembro de 2014 at 23:45 - Reply

    Gostei muito da materia. Ja havia ouvido falar. Sofro de deptessao sindrome do panico. Nao sou aceita pela minha mae e irmaos. Ate mesmo por chefes e algumas amizades. As vezes eh tao mais forte que eu que acabo agredindo ao ser chamada de louca ou falarem coisas que eu nao sou ou eu nao fiz. Sou sincera ao extremo. Nao sei mentir. Odeio fofocas. Mas ultimamente tenho sofrido com esse tipo de reacao das pessoas e familia sobre mim. Me transformo. Vou pra cima. Falo o que pebso a respeito. Agrido. Estou procurando ajuda pois tenho uka filha de 15 anos. Estou noiva e preciso perder o medo de sair sozinha, pegar transporte publico e voltar a trabalhar. Estou de licenca ha 2 anos. Vou ler o manual. Que possa me ajudar antes que algo puor aconteca comigo

  11. Marilia 8 de setembro de 2014 at 02:46 - Reply

    gostei muito do texto, ja percebi que muita coisa me da raiva, parece que tudo me da raiva. mas existem pessoas que me irritam de verdade como a minha entiada mas no fim das contas descobri eu me via nela qdo criança e oq mais me irritava era as mesma coisa que aconteciam com ela tinha contecido comigo mas ela sempre se dava bem e eu sempre me dei mal, isso me causava uma revolta muito grande, algumas coisas eu ja consegui dissolver

  12. maria 7 de setembro de 2014 at 23:26 - Reply

    Obrigada André gostei muito desse artigo, usei hoje o eft pela primeira vez e gostei muito.
    Tenho um dedo podre para homens os meus relacionamentos São sempre curtos e sofro muito com isso .
    Q gatilho eu tenho que desarmar pra quebrar esse padrão ?

  13. Fatima 23 de julho de 2014 at 02:40 - Reply

    Lendo esse relato me identifiquei, meu gatilho dispara diante de pessoas fazendo uso de bebidas alcoólicas, não tolero bêbados, desde a infância tive problemas de alcool com minha mãe. E olha que tenho me esforçado para me curar, agora estou começando ver luz no fim do túnel.

    Grata.

  14. Silvia M. Carvalho 16 de julho de 2014 at 14:34 - Reply

    Gostei muito do relato . gostaria muito de me aprofundar meus estudos sobre EFT, para poder me ajudar e a outras pessoas também. Gratidão.

  15. Ótimo 16 de julho de 2014 at 10:18 - Reply

    òtimo!
    Ajudou muito, vou aplicar a técnica em meu irmão, ele mora na minha casa, mas qualquer comentário o faz pensar que estou querendo que ele saia da minha casa. Grata.

  16. Mara 15 de julho de 2014 at 21:38 - Reply

    Oi, André.
    Fiz o cadastro, mas não estou recebendo o e-book sobre auto-estima. Vc poderia envia-lo para meu e-mail, por favor?

  17. Maria Carvalho 13 de julho de 2014 at 16:41 - Reply

    Olá André!
    Parabéns pelo seu excelente trabalho e muito obrigada pela ajuda precisosa. Quanto aos gatilhos emocionais: como lidar com pessoas que têm esses gatilhos emocionias que refere mas dos quais não têm consciência? Como ajudar essas pessoas e evitar que esteja sempre a sobrar para nós?

    • Andre Lima 14 de julho de 2014 at 01:30

      As pessoas é que precisam buscar ajuda, se elas quiserem. Cabe a nós darmos limites, nos afastarmos se for o caso. Não adianta querer mudar as outras pessoas para que isso seja bom pra nós.

Leave A Comment

Seja muito bem-vindo!

Seja muito bem-vindo ao Portal de Autoconhecimento e Desenvolvimento Humano do Instituto EFT Brasil! Aqui você vai poder acessar vários conteúdos gratuitos, em diversos formatos (E-books/PDF, Vídeo Aulas, Artigos Texto/Vídeo, Workshops e mais) que vai ajudar a transformar verdadeiramente a sua vida. Sua forma de ver, pensar, sentir e agir nunca mais serão as mesmas porque uma mente que se expande jamais retorna ao seu tamanho inicial. Assine nossa Lista VIP e receba nossas dicas exclusivas para desenvolver toda e qualquer área de sua vida pra que você tenha sucesso e prosperidade, quer seja em sua saúde física ou emocional, nos seus relacionamentos pessoais ou profissionais, ou mesmo em sua vida profissional e financeira. Saiba que você pode contar conosco hoje e sempre. Juntos somos muito mais fortes! Quer ir mais rápido? Vá sozinho. Quer ir mais longe? Venha conosco!

Sobre o IEB:

O INSTITUTO EFT BRASIL (IEB) acredita que todo ser humano tem um poder interno ilimitado para superar toda e qualquer adversidade e é o único ser vivo capaz de criar sua própria realidade. A chave para desbloquear esse poder interno ilimitado é o Autoconhecimento e o Desenvolvimento Pessoal e a ferramenta certa pra isso é a EFT, pois ela trata as verdadeiras causas dos problemas, por mais profundas que sejam, e restaura o nosso equilíbrio interno e externo. Nossa missão e o nosso trabalho é ajudar a criar um mundo melhor através de cada pessoa que ensinamos a construir uma vida mais feliz, com mais saúde física e emocional, melhores relacionamentos, sucesso e prosperidade. Desde já saiba que é possível termos tudo isso ao mesmo tempo sim: Saúde, ótimos relacionamentos, Sucesso, Prosperidade e Felicidade. Não temos que escolher entre uma coisa e outra. É exatamente isso que nós vamos ensinar para você!

O Que é EFT?

EFT é a Técnica de Desenvolvimento Humano e Autoconhecimento mais revolucionária do Século XXI. Ela é extremamente poderosa e ao mesmo tempo muito simples de se aprender e aplicar. Sua eficiência para desbloquear a mente humana e promover cura é incrível. EFT é a abreviação de Emotional Freedom Techniques que traduzido significa Técnica de Libertação Emocional. Ela ajuda a reconfigurar o nosso cérebro, rearranjando as redes neurais, através da desprogramação de crenças limitantes e eliminação de emoções negativas impregnadas na mente inconsciente e no nosso corpo, e que são responsáveis por vários processos de autossabotagem. Esses processos influenciam, de forma silenciosa e imperceptível, nossas escolhas e ações, e por tanto nossos resultados. Para que você possa entender melhor tudo isso, recomendo que você Leia nossos Artigos e Baixe nosso Manual Gratuito da EFT.

COMO A EFT PODE AJUDAR VOCÊ?

A EFT é uma Técnica tão versátil que pode ajudar em qualquer área de sua vida. É que ao eliminar suas crenças limitantes e emoções negativas, as quais geram os processos sabotadores inconscientes que influenciam suas escolhas e ações, você passa a ter um entendimento mais profundo, mais limpo, mais real, dos fatos. Assim, sua capacidade, sua habilidade, seu autocontrole, sua clareza, para lidar com as adversidades, sejam pessoas, circunstâncias ou situações conflitosas, ficam mais desenvolvidos e você consegue ter mais domínio sobre o que acontece em sua vida e, é claro, melhores ações e resultados. Nossas emoções e crenças afetam o funcionamento do nosso cérebro, da nossa mente, e isso altera até mesmo nossa fisiologia, a química e o funcionamento do nosso corpo. Imagine você 100% no controle de qualquer situação! Isso é apenas um dos benefícios que você vai ter com a EFT!

error: Conteúdo Protegido!!