Existe uma atração em nós que nos impulsiona a ler, ouvir, assistir e conversar sobre notícias negativas. Pouco vejo jornal na TV, mas sempre que vejo, presto atenção e percebo uma quantidade enorme de notícias que geram um monte de sentimentos negativos, e bem poucas que trazem bem estar, esperança ou uma mensagem positiva.

Não cheguei a fazer uma estatística, mas eu arriscaria dizer que em torno de 70 a 80% das notícias que saem acabam sendo fatos negativos. São notícias que geram vários sentimentos desconfortáveis: Raiva, tristeza, medo, impotência, indignação…

O padrão é bem parecido em todas as emissoras, seja nos jornais locais ou nos de abrangência nacional. Algumas pessoas acham que a culpa é da mídia que escolhe esse tipo de notícia para ser veiculada. Entretanto, eu vejo que o problema é mais profundo. A televisão vive de dar audiência, e, se as pessoas não se interessassem tanto por esse tipo de notícia negativa, a mídia teria que melhorar ou mudar o que ela veicula.

A televisão passa o que as pessoas sentem atração em assistir. Notícias sobre tragédias costumam render semanas. Passam exaustivamente nos jornais da TV, são comentadas em programas de auditório, de fofoca ou de debate e as pessoas gostam de assistir.

Se algum canal resolver veicular um telejornal com 90% de notícias boas e apenas 10% de notícias negativas, teria muito provavelmente uma audiência baixíssima.

Vemos programas de melhor qualidade em canais alternativos que têm públicos específicos com uma audiência bem menor. Não adianta colocar a culpa na mídia, pois só permanece no ar aquilo que a população aprova através da sua audiência.

O mais importante de tudo isso é entendermos o que nos leva a sentir atração por tanta negatividade. Essa é a razão pela qual estou escrevendo esse texto. Não é para culpar a televisão nem o público e, sim, para compreender o que está por trás desse problema.

A negatividade nos atrai devido ao fato de estarmos cheios de pensamentos, crenças, emoções guardadas do passado, sentimentos de tristeza, medo, mágoa, raiva e outros que acumulamos durante a vida e passam a viver no nosso interior formando uma sombra. Essa sombra busca crescer e se fortalecer. Um dos mecanismos pelos quais ela cresce, é através das notícias negativas que alimentam as emoções que guardamos.

Em maior ou menor grau, todos nós sentimos uma certa atração por notícias negativas. É a sombra atuando dentro de nós, de forma inconsciente, levando-nos a escolher conteúdos que acabam gerando mal-estar. Conheço pessoas que têm um verdadeiro fascínio por programas policiais que trazem as notícias sobre os mais diversos e bizarros tipos de crime. Como alguém pode gostar disso? Na verdade, ninguém gosta, é a sombra agindo no nosso inconsciente.

Tem algumas notícias negativas que até podem ser vistas como sendo de interesse nacional. Mas tem outras que não servem para absolutamente nada, além de alimentar a negatividade da sombra. Uma tragédia como a que aconteceu na boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, levando à morte de 240 pessoas, pode ser visto como algo de interesse nacional já que vai levar a sociedade a aprender com a experiência e gerar melhorias na segurança das casas noturnas de todo país, evitando novas tragédias. Então, tem sentido que essa notícia seja veiculada em rede nacional.

Entretanto, vemos diversas notícias que não tem o menor sentido de serem passadas em rede nacional (Nem localmente): Uma pessoa que morreu afogada em um lago; um acidente de carro trágico que alguém filmou; alguém que tenha sido assaltado e morto em algum lugar do Brasil e etc… A quem interessa essas notícias? Somente as famílias e amigos das pessoas envolvidas.

Não bastasse os problemas, tragédias e perdas que temos em nossas vidas pessoais, que já nos causam muita dor, acabamos por absorver o sofrimento de outras pessoas desconhecidas. Isso ajuda a elevar os níveis de estresse, pessimismo, pânico e depressão da população e não ajuda em nada as pessoas que passaram pela tragédia. Pelo contrário. Quanto mais infelicidade individual geramos, mais aumentamos os níveis de infelicidade da coletividade. A negatividade é contagiosa. Ajudamos mais a humanidade quando somos mais felizes. O único propósito dessas notícias é alimentar a sombra.

Nas tragédias de interesse nacional, que devem ser veiculadas para gerar aprendizado e mudança na sociedade, haverá ainda uma intensa exploração de toda a reação emocional que elas causam, o que vai alimentar também a sombra.

Perceber essa força inconsciente que nos leva a ir em busca de coisas negativas é muito importante. Quando começamos a ver o mecanismo em ação sabendo que ele serve apenas para causar sofrimento, fica mais fácil despertar e escolher algo melhor. Enquanto estamos cegos sem percebermos que estamos agindo guiados pela sombra é muito mais difícil mudar o comportamento.

Além da percepção da ação da sombra, é mais importante ainda curar a negatividade que guardamos. Quanto mais nos libertarmos de emoções, pensamentos e sentimentos negativos acumulados, menor será a nossa atração por notícias negativas ou qualquer coisa que sirva para alimentar sofrimento. É o que acontece quando praticamos a EFT (Técnica para Autolimpeza Emocional – Clique Aqui e solicite o Manual Gratuito para aprender a eliminar emoções e pensamentos negativos em minutos!) pois liberamos a negatividade acumulada.

 

Um forte abraço!

André Lima.

 

PS.: Se você gostou desse artigo e acredita que esse conhecimento pode ajudar outras pessoas, então clica em Curtir em algum lugar dessa página. Vou ficar muito grato!