Recentemente uma aluna minha fez uma pergunta mais ou menos assim: André, como é possível manter o foco na prosperidade se existe uma crise econômica real batendo na nossa porta? Não é algo que vai nos afetar independente do que a gente faça ou acredite? Eu entendo bem essa preocupação e vou explicar como é possível escapar dessa realidade.

Quem já viveu um pouco mais já deve ter passado por diversas crises no país. Eu lembro de várias delas. Aliás, na minha lembrança, eu tenho mais recordações de épocas de crise no país do que de tempos de bonança. Já houve hiperinflação, congelamento de preço, alta taxa de desemprego, desabastecimento de produtos e muitos planos econômicos. Eu cresci ouvindo essas coisas na televisão e vendo as pessoas se queixando o tempo todo que a vida é difícil, que o país nunca vai melhorar, que vai acabar tudo, que vamos morrer de fome, e todo esse tipo de negatividade.

Cresci então com uma sensação de instabilidade, medo e preocupação. Uma sensação de que eu nunca conseguiria ter uma vida próspera atingindo meus objetivos financeiros. Quando comecei minha vida profissional abrindo uma empresa de engenharia, o resultado não poderia ser pior e tudo o que eu temia aconteceu. Não importava o quanto eu me esforçasse a empresa nunca dava certo, as dívidas aumentavam, até que eu fui a falência.

Foi nessa época, onde passei por um sofrimento muito intenso, que comecei a estudar sobre o tema da prosperidade. Uma das coisas que me fez buscar esse tipo de conhecimento (Além de ter sido empurrado pelo sofrimento) é que me dei conta de que tinham pessoas que, apesar das crises, cresciam seus negócios e prosperavam. Outros eram afetados, mas de uma forma menos intensa e alguns até cresciam ainda mais nos momentos de crises. Por isso eu quis descobrir as razão pelo qual a realidade pra essas pessoas era diferente da maioria, pra que eu pudesse me tornar uma delas também, é claro.

Dentre muitas coisas, uma das mais importantes que descobri é que essas pessoas mantinham a mente delas sempre focada nas oportunidades, na abundância e nunca nos problemas. Isso não quer dizer que elas não tinham problemas, apenas se concentravam e direcionavam suas energias pras soluções.

Nossa mente é uma máquina incrível! Ela consegue encontrar tudo aquilo que damos importância, tudo aquilo que direcionamos nosso foco. Se o seu foco é a crise, a escassez e a falta de oportunidades, é isso que a sua mente vai fazer você enxergar cada vez mais. E eu vou explicar exatamente por que isso acontece com você, comigo e qualquer pessoa desse planeta, de acordo com a neurociência.

Existe uma parte do nosso cérebro, chamada de formação reticular. Essa parte é responsável pelo processo de atenção seletiva. Como nós somos bombardeados com informações, imagens, sons, cheiros e sensações físicas o tempo todo, seria impossível prestar atenção em tudo ao mesmo tempo. Por isso, para nos ajudar, nosso cérebro presta muito mais atenção aquilo que colocamos em nosso foco e ignora todo o resto.

E as coisas que estão no nosso foco são: As coisas que nós acreditamos (Nossas crenças); As coisas que achamos importante; Coisas que estamos procurando; Coisas que podem representar algum perigo para que possamos nos proteger.

É esse mecanismo de atenção seletiva que leva um casal que está esperando um filho a enxergar muito mais mulheres grávidas e crianças do que eles viam antes. Quando você deseja comprar um carro de um certo modelo, a sua mente começa a dar importância pra isso e você começa a ver esse modelo de carro nas ruas, e em vários outros lugares, mais frequentemente. Se você deseja fazer um curso numa determinada área, é natural que você comece a ver anúncios sobre esse tipo de curso com muito mais frequência.

Resumindo: A sua mente filtra a realidade e coloca você em contato com aquilo que sua mente está focada no momento. O seu foco pode ser ativado pra encontrar coisas boas ou ruins. Ele pode ajudar você a encontrar motivos pra agradecer sempre, ou pode estar ativado pra encontrar motivos pra se queixar sempre. Pode estar ativado pra encontrar oportunidades de crescimento e prosperidade ou pode estar ativado pra encontrar apenas dificuldades e motivos pra se preocupar.

Eu entendi que a minha mente estava totalmente focada em encontrar dificuldades e crise. E quando ela fazia isso, ignorava as oportunidades ao meu redor. Eu decidi então mudar o meu foco para a prosperidade, para as soluções, para ser grato. Não foi algo que aconteceu do dia pra noite, mas, gradativamente, após bastante trabalho, estudo, treinamento e dedicação, eu comecei a me desligar da negatividade e passei a me conectar com a abundância.

Uma das coisas que eu fiz foi parar de dar atenção pros noticiários. Não importa qual seja a realidade, notícias negativas são propositalmente escolhidas por darem mais audiência. Se a crise atingir 10% da população, ao acompanhar os noticiários você vai acreditar que ela atingiu 100% da população.

Parei de falar sobre crise. Comecei a ler livros sobre prosperidade, desenvolvimento humano e autoconhecimento, pra que a minha mente começasse a ser influenciada por esses autores, especialistas em desenvolvimento.

O resultado dessa mudança é que hoje eu tenho um negócio que cresce independente dos fatores externos econômicos. O faturamento esse ano deve crescer no mínimo 30%. Tudo isso porque minha mente está focada em criar soluções e ter ideias pra prosperar. Talvez o meu negócio até seja afetado pela crise. Talvez ele pudesse crescer 150%, se não fosse a crise.

Difícil saber, mas o que importa é que a minha prosperidade continua indo bem, apesar de qualquer fator externo, apesar de existir uma crise ao redor. E, mesmo que o meu negócio fosse afetado de forma tal que perdesse 20% de faturamento, ainda assim, meu ano seria ótimo.

Não estou contando isso pra ser arrogante ou algo parecido, ou pra diminuir ninguém. É apenas pra que você possa abrir a sua mente e ficar presente pras possibilidades de crescimento também. Assim como eu, conheço um monte de empresários e amigos que estão crescendo e prosperando bastante mesmo com toda essa onda de crise que tanto se fala por aí.

É possível chegar em um nível de prosperidade tão alto que, mesmo que você passe por uma fase de baixa, essa fase ainda assim é confortável. Quando existe uma crise, o dinheiro não desaparece. Ele apenas muda de mãos. Por isso que algumas pessoas conseguem crescer ainda mais em tempos de crise do que a maioria.

[exerciciofocoabundancia_scode][pdfmanualeft2_scode][scode_1]

Um forte abraço!
André Lima.

[ps_scode]